10 dicas para melhorar a ansiedade e viver com mais harmonia

Nossas 10 dicas para melhorar a ansiedade vão te mostrar que é sim possível viver uma vida melhor, livre de crises que nos deixam aflitos e com sensação pesarosa. Assim, acompanhe nosso texto e descubra de que forma você pode preparar seu corpo e a sua mente para lidar com essa condição.

Vamos lá?!

O que é bom para aliviar a ansiedade?

O que é bom para aliviar a ansiedade?
O que é bom para aliviar a ansiedade? – Reprodução Adobe Stock

Para aliviar a ansiedade, você pode recorrer a:

  • Técnicas de meditação;
  • Acompanhamento psicológico;
  • Melhora do estilo de vida (alimentação e atividade física);
  • Tratamentos homeopáticos, entre outros.

O que fazer para sair da crise de ansiedade?

Para sair de uma crise de ansiedade, você deve tentar se concentrar em algum acontecimento externo. Pode ser uma música animada ou um programa de televisão, por exemplo. Assim, enquanto foca nessa distração, deve puxar o ar pelo nariz e soltar pela boca.

Essas ações vão relaxar seu corpo e diminuir o fluxo do seu sistema nervoso. Além disso, você pode tentar relaxar os músculos esticando os braços e alongando o pescoço.

Como reduzir a ansiedade em 1 minuto?

Não existe um tempo hábil para reduzir a ansiedade. Mas, você pode controlar os sintomas fazendo coisas que gosta, como ler um livro, escutar uma música alto astral e realizar técnicas de respiração.

Confira no próximo tópico, nossas 10 dicas para melhorar a ansiedade e entenda como viver de forma mais tranquila e equilibrada!

10 dicas para melhorar a ansiedade

10 dicas para melhorar a ansiedade
10 dicas para melhorar a ansiedade – José Roberto Marques

Dica 1. Tente controlar a sua respiração

No momento em que um indivíduo passa por uma crise de ansiedade, seu sistema nervoso responde rapidamente, piorando a situação. Então, é importante realizar a técnica de respiração conhecida como mindfulness, na qual se inspira pelo nariz e expira pela boca.

Tal técnica é derivada da meditação, e tem a capacidade de acalmar o sistema nervoso, proporcionando alívio em apenas alguns minutos. Mas, para isso, lembre-se de expirar e inspirar devagar.

Dica 2. Pratique meditação

A partir da orientação de um profissional capacitado, o estado de meditação guiada tende a proporcionar maior relaxamento físico e mental, promovendo o controle das emoções e deixando o estresse afastado da rotina.

Dica 3. Busque alternativas naturais para relaxar

A terceira das nossas 10 dicas para melhorar a ansiedade, costuma ser a mais polêmica, porque nem todos estão dispostos a se submeter aos métodos de tratamento natural, através da homeopatia.

Contudo, devemos citar que essa modalidade apresenta resultados significativos para muitos, reduzindo drasticamente as crises de ansiedade. De tal forma que, pode ser realizada através de chás como camomila, lavanda, erva cidreira, valeriana e a famosa flor de maracujá.

Essas substâncias, além de calmantes, auxiliam numa boa noite de sono, o que é essencial para evitar o aumento do estresse no dia a dia.

Dica 4. Pratique exercícios físicos

A realização de exercício físico ajuda a liberar serotonina no nosso organismo, uma substância capaz de proporcionar a sensação de prazer. Dessa forma, tanto a ansiedade quanto o estresse diminuem, além dos benefícios para o corpo e saúde no geral.

Alguns exercícios, queridos por pessoas que seguem as 10 dicas para melhorar a ansiedade, são: yoga, caminhada, crossfit, zumba e corrida.

Nesse sentido, o segredo é escolher aquela atividade que você mais gosta e que irá se encaixar na sua rotina, tornando-se um hábito

Dica 5. Acorde 15 minutos mais cedo

Acordar mais cedo irá te ajudar a planejar o dia de forma mais sossegada, tendo tempo hábil para tomar o café da manhã e realizar outras atividades. Assim, por mais que seja difícil se acostumar a acordar 15 minutos mais cedo, com o passar do tempo essa ação se torna automática, trazendo muitos benefícios para o seu humor.

Dica 6. Seja organizado

A sexta das nossas 10 dicas para melhorar a ansiedade, é em relação à promoção de uma vida mais organizada.

Isso porque, estar em ambientes organizados, seja no trabalho, em casa ou na faculdade, vai te ajudar a evitar situações de descontrole emocional, devido ao acúmulo de coisas sem utilidade ou a bagunça, na qual você procura algo e nunca encontra.

Dica 7. Faça terapia

Essa é, com toda certeza, uma das mais valiosas entre as 10 dicas para melhorar a ansiedade, já que o autoconhecimento tem um poder gigantesco sobre nossas ações e emoções.

Nesse sentido, além de tratar o transtorno com ferramentas científicas, o psicólogo irá te ajudar a refletir sobre os gatilhos que causam as crises, e juntos vocês poderão se dedicar a criar ferramentas para lidar com os mesmos.

Dica 8. Cuide do seu sono

Não deixe a oitava das 10 dicas para melhorar a ansiedade passar despercebida, pois ela é fundamental para que você tenha um dia agradável. Isso porque, é durante o sono que nossa mente descansa, processa as informações que acessamos no dia anterior e regula nossos hormônios.

Desse modo, dormir 8 horas por noite é imprescindível para que o dia corra bem. Do contrário, você poderá desencadear estresse, cansaço e irritabilidade, principalmente se não dormir bem a noite for um hábito.

Dica 9. Mantenha o foco no presente

Pensar insistentemente no futuro é algo que as pessoas que têm ansiedade costumam fazer. Assim, na maioria do tempo, elas estão se preocupando com uma prova que irá ocorrer, com um exame que terá que fazer ou se vão ser bem sucedidas financeiramente.

Entretanto, todas essas análises dependem única e exclusivamente do hoje, ou melhor, do agora! É vivendo no presente que você se capacita para realizar as coisas da melhor maneira, sendo grato pelo que já tem e aproveitando as oportunidades.

Afinal de contas, o amanhã é o reflexo do que você fez com o que tinha nas mãos neste exato momento. Por isso, foque no agora!

Dica 10. Reduza ingestão de açúcar e alimentos processados

A última das nossas 10 dicas para melhorar a ansiedade, salienta a importância de reduzir e, em alguns casos, evitar o consumo de açúcar. Isso porque esse tipo de alimento é responsável por picos de insulina no nosso organismo, que baixam rapidamente, causando sensação de tristeza, ansiedade e vazio.

Assim, ao reduzir o consumo deste alimento, você evita crises de ansiedade acionadas pelos hormônios do seu corpo.

Deixe um comentário